06 junho 2018

Uma saudade de você

Abri minha agenda agora e vi sua letra, seus números no caso,aqueles sobre qual você tanto me ensinou e tanto fala.
Tinha também um bilhete escrito  a mão do nosso 1 ano de namoro (comprei na papel craft! Lembro de você falando e solto uma risada forte), falando das dificuldades e bla bla bla.
Tinha um "I love you" 1 mês antes de você terminar comigo e já se passou um tempo... agora eu te entendo, entendo tanto que vim escrever sobre nós dois depois de tantos meses, escrever que sua falta é diária, que seu humor era o melhor  do mundo e até saudades de suas reclamações eu sinto (e você reclama muito viu?!), já fiquei com um tanto de outros caras, já ate me apaixonei de novo acredita? 
Ele partiu meu coração mais ele foi só mais um, já você!  Eu não sei se foi ou é.

Queria saber quando essa falta vai passar? Dúvida que me assola todo esse tempo, queria ter coragem de te perguntar se sente falta de mim, do japonês uma vez no mês, das risadas na cama, vira e mexe um vinho, dos planos que a gente fez, foi tudo tão rápido, tão intenso... ficou pesado. Foi bom você ter terminado, me ensinou muita coisa! Queria poder te falar isso, mas cadê a coragem? 

Eu não sou tão corajosa assim.

A gente hoje em dia se fala casualmente, faz umas brincadeiras, fala besteira por mensagem, até dos nosso casos a gente fala mas a sua falta não passa!

Sabe quantas vezes eu já reli aquele bilhete? Quantas eu revivi aquela cena ? 
Eu, você, a praia que eu tanto amo, suas palavras, meu choro embargado, lembro que nem me olhar nos olhos você olhou!
Guardo aquele abraço com um quentinho no peito e que bom conseguir escrever sobre isso, estava guardado  tudo aqui, pena não poder te falar, falar que vira e mexe bate uma saudade de você, uma saudades de nós dois, pena que não dá mais.


29/06/17


-Thais alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário