Há beijos e beijos.


Há beijos e beijos.


Mas hoje me deu vontade de experimentar e descobrir novos jeitos de beijar a sua boca. Mas acho que você nem sabe.
A verdade é que eu não quero um beijo qualquer, como todos os outros que envolvem o de sempre, aqueles em que a gente já esteve tão acostumado por aí. Quero aquele beijo que tenha aquele gosto bom da intensidade que vai incendiando, aquele da vontade que se manifesta em cada toque meu e seu, enquanto se esquece o mundo a nossa volta. Aquele que a gente ainda nem começou e já quer muito mais. Não precisa perder o fôlego não, mas acho que você precisa logo se perder no meu radar, numa distância suficiente que me permita te puxar pela mão, para dentro do alcance dos meus braços.

E olha que eu gosto da sua voz e de olhar a forma que você acaba sorrindo com os olhos. Mas te admirar a distância não tem muita graça, nem me faz te mostrar o quanto te quero aqui. Não é uma questão de saudade, mas sim uma questão de vontade. Mas já que sua boca está longe da minha, para de digitar aí um pouco. Aproveita que estou com o meu celular aqui do lado e manda um áudio seu que me faça ouvir a sua risada gostosa. Usa o seu celular agora, pois você vai até esquecer dele, quando estiver comigo depois. Gosto de perceber todos os detalhes que você carrega sem saber.

Talvez no fundo a gente nem combina tanto, mas a gente se encaixa. De uma forma que não dá pra explicar. Mas eu só quero mesmo é aproveitar através das formas mais loucas possíveis. Mas é que a gente faz de nossas loucuras, tantos momentos bons para lembrar. Mas vem pra cá, vem? Deixa eu te ver chegar bem devagar, para que eu possa ir aos poucos cheirando seu perfume que vem correndo me embriagar de você. E olha que você sempre tem tanta coisa para dizer, mas é só chegar, que você perde a fala.
Mas já que você está vindo, deixa os medos sobre a mesa. Deixa as preocupações do trabalho num lugar qualquer da sua agenda. Vem sem receio de bagunçar seu cabelo que você sabe que eu adoro bagunçar por inteiro. Pra você, estou cheio de carinho, alegria e cheio de bons sentimentos que ficam a flor da pele só em te ver. Vem cá, mas mergulhe fundo. Segura o fôlego e me mostra de forma clara até onde você quer ir. Que eu seguro na sua mão e vou com você. Mas vem comigo, viver um sonho que ao meu lado nos faça esquecer das nossas mais chatas vivências nessa vida. E a gente se perde, sem pressa de voltar pra realidade.
A gente pode até negar, mas beijo bom tem amor, tem frio na barriga, aquele calor gostoso que nos deixa loucos de paixão. Não importa onde, na cama, no carro, no parque, ou na calçada em frente ao seu trabalho. Beijo bom tem amor, cabelos ao vento, corpos que se encontram, abraços que se apertam, sonhos que se unem. Beijo de quem realmente se quer, tem mão na nuca, nossos olhos fechados e um mundo que nesse momento será só nosso. E pouco importa o amanhã que vai vir, pois o melhor do hoje é ter você.

Na verdade em cada beijo seu, você me responde muitas perguntas e me deixa cheio de dúvidas. Esses mistérios que eu ainda não percorri me fazem querer continuar a desvendar você. E olho no olho, a gente vai tendo algumas certezas, mesmo que não saibamos até que ponto essa paixão é um desejo ou um fruto que floresça em um sincero amor. Mas o bom mesmo é não saber. É viver com você, sem saber se amanhã, a gente ainda existe. Se amanhã os nossos cheiros ainda ficarão impregnados em nossas roupas. Se o seu suspiro ainda existirá só por estar com você.

É bom não viver certezas. É bom sentir a louca adrenalina de talvez não ter tempo de descobrir o jeito certo de viver tudo que a gente quer. A adrenalina de não saber até onde a gente vai chegar. De não saber onde vai terminar essa bagunça de nossos desejos. Mas tá bom assim. É sempre bom ter mais um pretexto para te beijar com toda vontade,  Vem cá morar no meu abraço. Vem cá, pois nesse beijo eu vou deixar claro que eu quero ficar. E que irei querer você, sem querer escapar. Larga tudo aí, que eu tô chegando,pois eu estou cheio de saudade. Me dá aquele beijo que só você sabe dar. Coloca o seu cabelo atrás da orelha, pois vou adorar admirar. Me faça sair da porta e entrar. Se mostra por inteira, me mostra mais até onde você pode e quer chegar. Deixa esse medo do amor pra lá. Pois hoje eu quero ficar é com você. Sem pensar no que pode acontecer.

08/06/2019



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo